NanO LaB

             Transporte eletrônico em nanoestruturas

Home Equipe Pesquisa Publicações Infra-estrutura Imagens Contatos/Links
 
Infra-estrutura

O laboratório conta com facilidades instaladas e totalmente funcionais que permitem estudos completos relacionados às propriedades de transporte eletrônico em materiais, nanoestruturados ou não. As atividades usuais abrangem experimentos para o estudo da resistividade como função da temperatura (2 K até 800 K), sob excitação óptica e/ou campo magnético de até 3 T (paralelo ou perpendicular à corrente aplicada); experimentos de capacitância-voltagem, capacitância-freqüência (1 mHz até 2 MHz); caracterizações I-V sob várias condições entre muitas outras possibilidades.

Os aparatos instalados permitem a detecção de sinais desde 1 fA até resistências da ordem de 1018 Ohms nas mais diversas geometrias para as amostras. Contamos ainda com uma Sala Limpa ISO 8 equipada para a preparação de dispositivos micro e nanométricos, áreas específicas para montagem e pequenos reparos mecânicos e eletrônicos.

Pensando na conservação de recursos naturais, todos os sistemas que são usados e necessitam de refrigeração estão conectados a um sistema projetado e executado pela empresa sãocarlense MG - Refrigeração e Ar Condicionado LTDA para a reciclagem de água gelada. Além disso, todos os resíduos são acondicionados em recipientes adequados e encaminhados também à reciclagem.

 

Equipamentos instalados e facilidades

Estação experimental 01 - pré-caracterização de amostras e dispositivos; micromanipulador de quatro pontas com microscópio de 2000x de ampliação.

Estação experimental 02 - sistemas de detecção ac e dc, temperaturas entre 10 e 800 K, amostra em vácuo, excitação óptica.

Estação experimental 03 - sistemas de detecção ac e dc, temperaturas entre 4 e 300 K em atmosfera de hélio.

Estação experimental 04 - sistemas de detecção ac e dc, temperaturas entre 8 e 300 K, amostra em vácuo, ciclo rápido, excitação óptica.

Estação experimental 05 - sistemas de detecção ac e dc, temperaturas entre 10 e 300 K, amostra em vácuo; temperaturas entre 300 e 500 K amostra em ar; excitação óptica.

Microsoldadora para a montagem de dispositivos.

Microscópio Eletrônico de Varredura JEOL JSM 6510 equipado com módulo de litografia óptica.

Evaporadora Edwards AUTO 306 equipada com electron-beam e fonte térmica.

Evaporadora Edwards Brasil equipada com fonte térmica.

Fornos para síntese: tubular MiniMite Blue-M, usado para síntese de nanoestruturas e tratamento térmico de amostras (Tmáx = 1100 oC), tubular Lindberg Blue-M (Tmáx = 1500 oC) e tubular Lindberg Blue-M de três zonas independentes.

Sala Limpa: Microscópio metalográfico Zeiss Axio M2m, ampliação de 1600x, módulo topográfico.

Sala Limpa: Equipamento para litografia com escrita direta Durham Magneto-Optics; laseres de 405 e 365 nm; resolução de 0.2 um.

Sala Limpa: Evaporadora Edwards AUTO 306 equipada com electron-beam.

Sala Limpa: MilliQ (água DI 18 MOhms), spinners (fotoresiste (série AZ e Shipley) e eletroresite (PMMA)).

 

Sala Limpa: Microscópio Zeiss (800x) e Lupa 40x para inspeção de amostras.

Sala Limpa: Fonte de UV 365 nm e 405 nm para litografia convencional.

Copyright 2011 - Nano LaB - Departamento de Física  - UFSCar